As tirinhas relacionadas ao Traços do Reino podem ser divididas em três séries até então:


Traços do Reino
: A série de tirinhas Traços do Reino tem como objetivo principal apresentar uma proposta de humor bíblico não pejorativo que exorte e edifique os cristãos hodiernos. É através da interação de dois personagens centrais que a comunidade cristã pode refletir acerca dos ensinamentos de Cristo a fim de lograrem uma prática mais relevante aos seus dias. Dessa forma, longe de apresentar “novas teologias”, a série de tirinhas procura assumir o caráter sola scriptura para o deleite da comunidade cristã interdenominacional.

Ser cristão é: A série de tirinhas Ser Cristão É procura trazer à mente de forma irônica toda sorte de máxima cristã que caracterize ou meramente represente de alguma forma o atual cristianismo (como, por exemplo: “amar ao próximo”, “ser humilde” etc.). Assim, através da exposição de um conceito ético ou bíblico, as tiras nos recordam a importância da ideia apresentada no título e, em seguida, ironizam a prática do conceito através de comportamentos corriqueiros que lidam com os mesmos princípios éticos ou bíblicos. Essa série é essencial para uma análise mais detida a respeito dos fundamentos da fé cristã e da contradição quando tais fundamentos são praticados em nossos dias.

O que faria Jesus? Em 1896, Charles Sheldon lançou uma das mais memoráveis obras da literatura cristã chamada In His steps: what would Jesus do? [Em Seus passos: o que faria Jesus?]. Alguns anos após a recepção do livro pelo público cristão, no final do século XX, houve nos EUA um reavivamento impelido pela obra que se alastrou por todo o país. Com efeito, o comportamento dos cristãos era interpelado pela questão “o que faria Jesus?”, fazendo com que os adeptos do movimento nutrissem uma postura crítica diante dos apelos da sociedade. Com o intuito de motivar o mesmo sentimento, a série O que faria Jesus? procura inserir o personagem de Cristo nos mais variados aspectos da vida cotidiana a fim de transcender a prática cristã de forma integral.